Conheça os 6 tipos de acabamento de cartão de visita

Conheça os 6 tipos de acabamento de cartão de visita

O acabamento de cartão de visita diz muito sobre o cuidado que um profissional ou uma empresa tem na hora de se apresentar ao cliente. Trata-se do tipo de peça gráfica essencial para criar e manter uma identidade visual durante as reuniões de negócios.

As informações precisam estar dispostas de forma harmônica e prática no material, para que o público encontre com facilidade o contato quando precisar dos serviços ou produtos que sua empresa oferece.

Neste artigo, você vai conhecer 6 diferentes tipos de acabamento de cartão de visita e as características de cada um deles para atender melhor ao projeto gráfico do seu negócio e desenvolver um bom referenciamento da marca. Tome nota!

A importância do cartão de visita na apresentação profissional

A concretização de um negócio envolve um relacionamento comercial que exige tempo e empenho por parte de quem deseja ofertar o produto ou serviço. O primeiro contato é estabelecido por uma conversação e a promessa de atender em totalidade às expectativas do futuro cliente.

As próximas etapas podem ser marcadas por um segundo encontro e a apresentação de propostas. É nesse momento que o cartão de visita exerce a sua principal função — evitar que o contato se desfaça por ali e o público-alvo não tenha meios de agendar um novo horário.

Embora muitos profissionais acreditem bastar um bom recorte com as informações essenciais, o acabamento é responsável por criar um vínculo com a imagem da marca, ainda que involuntariamente. Isso evita que o cartão vá parar no lixo na primeira oportunidade.

Os 6 tipos de acabamento de cartão de visita

Você sabe quais são as modalidades de acabamento mais comuns para os cartões de visita? Descubra a seguir.

1. Verniz total

O efeito estético do verniz causa uma boa impressão em quem recebe o cartão de visita. O brilho tem a função de proteger o papel, com uma aplicação em toda a sua extensão, mas acaba apresentando um material gráfico de qualidade e é um dos acabamentos de custo-benefício mais atraente.

2. Verniz localizado

Nesse tipo de acabamento, o verniz é aplicado somente nas áreas determinadas pelo projeto para destacar uma informação estratégica, como a logomarca da empresa ou alguns detalhes da prestação de serviços. Como não utiliza toda a extensão do papel, esse acabamento acaba saindo mais caro do que o anterior, mas não menos eficiente no resultado.

3. Laminação fosca

A laminação fosca prima pela discrição e sofisticação, sendo usada por profissionais que desejam causar uma impressão mais discreta e em conexão ao tipo de negócio que comercializa. O acabamento é aveludado, o que deixa o cartão mais forte e resistente à ação do tempo e ao manuseio.

4. Hot stamping

A arte do cartão fica bem evidenciada nesse tipo de acabamento, pois não há a utilização de tinta, mas sim de um material sintético com sistema similar à tipografia. Isso permite o aquecimento e a pressão da fita — onde há uma camada metalizada que, ao entrar em contato, derrete o sintético e fixa as informações desejadas.

Trata-se de um acabamento com custo-benefício bastante atraente e cada vez mais utilizado por quem deseja grandes tiragens sem perder a qualidade. Mesmo que cores variadas estejam disponíveis, dourado e prata são as preferidas pelo toque de classe.

5. Relevo

Utilizar acabamentos em relevo é uma estratégia de destaque para informações como a logo e o nome do representante. É possível criar uma arte com baixo e alto-relevo. O efeito é maravilhoso, mas vale ressaltar que esse tipo de impressão deve ser feito em papel com gramatura superior a 18 g e não há proteção contra os efeitos ambientais.

6. Bordas arredondadas

Você já viu alguns cartões com design totalmente moderno e recortes interessantes? Assim são os modelos de bordas arredondadas, que conferem ao acabamento um resultado diferenciado em relação aos tradicionais.

Profissionais da área gráfica (e alternativas) que atuam com leveza e criatividade no mercado costumam se valer desse recurso. Eles abusam das cores e da arte para confeccionarem seus cartões de visita.

A escolha do fornecedor adequado

Você pode optar por fazer um ou mil cartões, mas tudo vai depender do fornecedor que contratar para realizar o serviço. O orçamento disponível para a produção também conta muito na hora de definir o tipo de acabamento a ser escolhido.

Opte por uma gráfica com quem possa dialogar sobre o público-alvo, a distribuição, a quantidade e a reação que deseja produzir em quem recebe o material. Todas essas informações são essenciais para determinar qual investimento vale mais a pena.

Produzir em grande escala pode gerar um custo elevado. Mas, se houver um cronograma consistente de visitação e a expectativa de conversão, o valor de cada unidade será diluído posteriormente com o retorno e giro financeiro.

Enfim, você percebeu como é importante cuidar da identidade visual e acatar um conceito de bom gosto em toda a marca da sua empresa? Não adianta ter uma bela estrutura e fachada impecável se o material gráfico não despertar o desejo de conhecer e fechar negócios.

Como dissemos no início deste artigo, o cartão de visitas é o início de uma longa jornada de relacionamento com o cliente. Portanto, seu acabamento pode chamar a atenção necessária para criar um canal de comunicação direto.

Com as informações sobre o acabamento de cartão de visita, você já tem embasamento suficiente para a decisão sobre a melhor técnica a ser adotada. Vale lembrar que um bom fornecedor dispõe de profissionais especializados em seu time.

Eles serão os responsáveis por auxiliar a sua escolha, com sugestões de arte para que o cartão reflita a sua personalidade e a da empresa. Depois de determinado o tipo de acabamento, todo o acompanhamento será realizado de perto, para que você seja atendido de acordo com o que deseja e no prazo adequado.

 

 

Gostou das dicas? Acompanhe nosso blog e leia mais conteúdos interessantes!

 

Fonte: bgd.com.br

Deixe um comentário